quarta-feira, 6 de julho de 2011

Vinte e sete moções aprovadas com sucesso na Assembléia Geral do FSC

Os discursos do Diretor Geral do FSC, Andre de Freitas, e do Presidente do conselho do FSC, Chris van der Goot, marcaram o fim da sexta Assembléia Geral no 01 de julho de 2011. 38 moções foram votadas entre quinta e sexta-feira, das quais 27 foram aprovadas e 11 não. A vivacidade dos debates que precederam o voto demonstrou mais uma vez o entusiasmo e empenho de todos os membros do FSC.

Um grande destaque na sexta-feira foi a Moção 51 "Fortalecimento do Sistema de Madeira Controlada" aprovada por unanimidade. Incorporando 3 moções, depois de vários dias de negociações entre as três Câmaras a Moção 51 foi alterada antes da votação. "O objetivo, em última análise se resumia em assegurar que Madeira Controlada é de fato controlada", disse Robert J. Hrubes, o proponente da Moção.


Outros destaques foram os votos positivos à Moção Estatutária 1.1 no reconhecimento da importância das questões sociais e do papel dos serviços ambientais no FSC, e da Moção 19, que pede ao FSC para estabelecer uma comissão permanente dos Povos Indígenas para fortalecer sua participação no FSC.


Moções votadas em 1º de julho de 2011:


Moção 1.1 – Reconhecimento das questões sociais e a função dos serviços ambientais (Aprovada)


Moção 1.2 – Melhorar o equilíbrio entre as câmaras e a continuidade no Conselhor de Diretores do FSC (Reprovada)


Moção 04 – Moção para melhorar a transparência e a confiança dos resultados Assembléias Gerais (Aprovada)

Moção 05 – Representatividade dos membros do Board (Reprovada)

Moção 08 – Finanças da Rede Global FSC (Aprovado)

Moção 11 – Inclusão do tema Mudanças Climáticas no negócio do FSC (Reprovada)


Moção 14 – Criação de padrões FSC para florestas urbanas (Reprovada)


Moção 18 – Certificação de plantações FSC (Aprovada)


Moção 19 – Estabelecimento do Comitê Permanente de Povos Indígenas para fortalecer seu envolvimento com o FSC ( Aprovada)


Moção 20 – Impactos na paisagem de grandes empreendimentos (Aprovada)


Moção 21 – Operacionalização de recomendações do Grupo de Trabalho de Políticas de Plantações (Aprovado)


Moção 23 – Procedimentos de derrogação e iniciativas nacionais (Aprovada)


Moção 26 – Pesquisa sobre impacto das normas especiais aplicadas à certificação de qualquer categoria de terra (governo, indígena, estadual, particular ou outros) em comunidades rurais afetadas (Reprovada)

Moção 28 – Incentivo para obtenção e manutenção da certificação de operações florestais para comunidades e SLIMF (Aprovada)


Moção 29 – Moção para incluir um novo critério de elegibilidade para Manejo Florestal de Baixo Impacto (SLIMF) na política FSC-POL-20-100 (Aprovada)

Moção 30 – Moção para promover a transparência (Reprovada)

Moção 33 – Moção para o desenvolvimento de competências dentro da estrutura FSC (Reprovada)


Moção 40 – Reconhecer madeira retirada de poda urbana como recuperada (Reprovada)


Moção 43 – Política para evitar alegações enganosas para produtos FSC Misto (Aprovada)

Moção 46 – Moção para esclarecer a intenção do Sistema de Crédito e o revisar se necessário (Aprovada)

Moção 47 – Monitorar o crescimento do material FSC em toda CoC (Aprovada)

Moção 51 – Fortalecimento do sistema de Madeira Controlada (Aprovada)

Moção 56 – Aumentar a viabilidade econômica de detentores de certificados de manejo florestal (Reprovada)


Fonte: Newsletter of the Forest Stewardship Council

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe