sexta-feira, 16 de março de 2012

OELA, primeira Escola de Lutheria do mundo a utilizar madeiras certificadas pelo FSC celebra 14 anos. Oficinas educativas, esporte e momentos culturais farão parte da comemoração.



A OELA desenvolve ações voltadas para a educação profissionalizante de adolescentes e jovens, respeitando os princípios da utilização racional e sustentável dos recursos naturais, contribuindo para a formulação de políticas públicas.
 Manaus (AM), 15 de março de 2011 – A Oficina Escola de Lutheria da Amazônia (OELA), comera no dia 20 de março, 14 anos. A OELA oferece desde sua fundação o Curso Básico de Lutheria que tem como objetivo promover a formação profissional de adolescentes e jovens, na arte da construção de instrumentos musicais de caixa de ressonância e cordas dedilhadas.
Devido ao seu trabalho nas áreas educacional, social e ambiental, a OELA já recebeu mais de dez prêmios de reconhecimento nacional e internacional.
No decorrer dos anos, foram ofertados gratuitamente para toda a comunidade do Bairro Zumbi II e adjacências, cursos como Informática básica e avançada, educação musical, desenho artístico, marchetaria para pequenos objetos, alfabetização para jovens e adultos, assistente de operações administrativas, educação ambiental e outros, que contribuíram para que muitos adolescentes e jovens saíssem da situação de risco social e pessoal e tornarem-se protagonistas das suas próprias histórias.
Este ano a comemoração ocorrerá no dia 23 de março (sexta feira), a programação é mais do que especial, inicia a partir das 9h e vai até às 21h. Os alunos e a comunidade terão a oportunidade de participarem de oficinas sobre a “importância das florestas”, com a participação do Coletivo Jovem de Meio Ambiente; oficina de criatividade (confecção de porta treco e canetas), desenhos e mensagens, jogos e brincadeiras com os princípios do esporte educacional, além de exibição de filmes.
A partir das 18 horas a OELA receberá vários grupos musicais e culturais, que farão apresentações para toda a comunidade, como a Associação Batukada, Tambor de Crioula, o cantor e compositor Antônio Pereira, a cantora indígena Dijuena Tikuna e outros artistas Regionais. As atrações não param por aí, grupos de danças e teatro protagonizados por adolescentes e jovens da Zona Leste também estarão presentes.
Para Rubens Gomes, diretor executivo e fundador da OELA, o décimo quarto aniversário, não só reafirma a importância de trabalhar com adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social, como também dar visibilidade e importância para a educação profissionalizante que respeite e valorize o meio ambiente. “Em todos esses anos a OELA ajudou a comunidade do Zumbi II a reduzir os índices de violência e outras mazelas sociais, buscamos sempre o desenvolvimento humano, fazemos diferença por gerar oportunidade e dignidade com qualidade. O respeito ao meio ambiente faz parte dos nossos princípios educacionais. Proporcionamos a profissionalização e promoção da cidadania de jovens que vivem na periferia de Manaus através da fabricação de instrumentos musicais com madeira certificada pelo FSC , assim como trabalhamos nas comunidades ribeirinhas para implementar sistemas de manejo florestal comunitário sustentável, transformando os recursos naturais em bens para a sociedade.
O quê: Aniversário dos 14 anos da OELA 
Onde: OELA: Rua 22, Quadra O, Casa 08, Conjunto São Cristovão – Zumbi II
Quando: Dia 23 de março (sexta feira), a partir das 9h
Informações: (92) 8166-5644 (Délio Alves) e (92) 9114-3104 (Charlene Ribeiro)
Comunicação OELA
Oficina Escola de Lutheria da Amazônia - OELA
Rua 22 Casa 08 Conj. São Cristovão - Zumbi II
(92) 3644 5459 - (92) 3638-2667
www.facebook.com/oelabrasil
comunicacao@oela.org.br
www.oela.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe