quarta-feira, 7 de março de 2012

Versão 2.0 do padrão da iniciativa REDD+ SES em Consulta Pública até 09/04



A iniciativa REDD+SES circula para comentários a minuta da versão 2.0 dos Padrões Sociais e Ambientais para REDD+, até o dia 09 de abril de 2012.
Com base na experiência emergente dos países que já utilizam os critérios do REDD+ SES e nas orientações sobre salvaguardas para atividades de REDD+ da Conferência das Partes da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC), esta segunda versão vem para fortalecer, racionalizar e simplificar, na medida do possível, os critérios da iniciativa REDD+SES, ao mesmo tempo que mantém a qualidade e a amplitude da sua primeira versão.
O documento em consulta, disponível em português, encontra-se aqui e também pode ser acessado emwww.redd-standards.org, onde você pode submeter seus comentários.
O padrão da iniciativa REDD+ SES é composto por princípios, critérios e indicadores que definem o alto desempenho social e ambiental de programas REDD+ operados por governos. Este padrão oferece um marco para a avaliação do desenho, a implementação e os resultados dos programas REDD+ operados por governos, envolvendo múltiplos atores interessados.
A partir de maio de 2009, o padrão REDD+SES foi desenvolvido por meio de um processo participativo e inclusivo, através de workshops em quatro países em desenvolvimento e de dois períodos de comentários públicos, culminando na publicação da versão 1 em junho de 2010. O Comitê Internacional de Normas, que representa um equilíbrio dos atores, incluindo governos, organizações de povos indígenas, associações comunitárias, ONGs sociais e ambientais e o setor privado, supervisa a iniciativa. A Aliança para o Clima, Comunidade e Biodiversidade (CCBA) e a CARE Internacional atuam como secretaria internacional da iniciativa REDD+SES com o apoio técnicio da iniciativa do ProForest.
O Equador, o Estado do Acre no Brasil, Nepal e a província de Kalimantan Central na Indonésia, já começaram a utilizar este padrão. Todos estão seguindo o mesmo processo, direcionado ao nível de país/estado e envolvendo múltiplos grupos de interesse, reunindo três elementos básicos: governança, interpretação e avaliação.
O Imaflora participa do Comitê Internacional de Normas da Iniciativa REDD+ SES.
Para mais informações, por favor visite www.redd-standards.org ou entre em contato com info@redd-standards.org.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe