quinta-feira, 5 de abril de 2012

TAA defende manejo florestal responsável tanto para empresas, quanto para comunidades e concessões florestais do governo durante a V Brasil Certificado

Diretora do projeto criado pelo governo holandês participa de debate sobre oportunidades de financiamento em cadeia sustentável

Além de empresas e comunidades com o selo FSC, a Brasil Certificado, que acontece entre os dias 10 e 12 de abril, em São Paulo, também reúne organizações que trabalham para que o manejo sustentável de florestas se torne efetivo. Uma delas é o projeto The Amazon Alternative (TAA), ou A Alternativa Amazônica, que auxilia diretamente no implemento de modelos responsáveis de manejo e produção na maior floresta tropical do mundo.

O TAA é um projeto público-privado do governo da Holanda de incentivo à certificação FSC (Conselho de Manejo Florestal, em português) na Amazônia brasileira, boliviana e peruana. O projeto financia as ações necessárias para a execução de medidas sustentáveis, como treinamentos, consultorias, pesquisas e auditorias de pré-certificação e certificação.

Quem quiser conhecer mais sobre o trabalho da organização poderá acompanhar o debate "Financiando a cadeia florestal sustentável na Amazônia: Desafios e Oportunidades", que acontece no dia 11 de abril, às 11h, no fórum realizado paralelamente à feira. Na mesa, estarão a diretora da TAA na Holanda, Petra Hamers, e os coordenadores do projeto na Bolívia, Pablo Pinell, e no Brasil, Luise Marta Bauch.

“A certificação florestal madeireira da Amazônia estava praticamente parada desde 2005 devido a diferentes gargalos no processo”, descreve Luise. “Com as concessões florestais federais e estaduais este processo começa a se mover de novo, lentamente”, explica. De acordo com a coordenadora “a mensagem do TAA para o público em geral é que o manejo sustentável da Amazônia é possível, que o desmatamento é desnecessário, existem terras melhores com finalidade agrícola e que a floresta pode ser manejada e deve ser preservada”. Ainda segundo ela, ”para que isso aconteça, todo e qualquer esforço é valido”.

O público também poderá visitar, nos três dias da feira, o estande montado pelo TAA. Lá conhecerão quatro empresas que receberam concessões do governo federal ou estadual para a exploração de manejo de madeiras na Amazônia e que estão em processo de certificação. "Um evento como esse desperta no consumidor a consciência da existência real de cadeias de sustentabilidade, além de dar visibilidade aos processos voluntários de certificação, tanto agrícola quanto florestal", destaca Luise.

A Brasil Certificado é um evento onde líderes, formadores de opinião e empresas de todo o mundo promovem e discutem os compromissos com a sustentabilidade. O objetivo é apresentar, através de exposições, debates e outros eventos internos, o crescimento e os obstáculos ainda enfrentados pela certificação. A programação completa do evento pode ser acessada no site:
http://www.brasilcertificado.com.br/. Os interessados em participar deverão fazer a inscrição no próprio endereço. A entrada é gratuita.

V Brasil Certificado
Entrada gratuita
De 10 a 12 de abril de 2012, das 13h às 20h
Centro de Eventos São Luis
Rua Luis Coelho, 323 – São Paulo - SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe