terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Novas regras de certificação agrícola passam a vigorar a partir de 1º de abril de 2013

A Rede de Agricultura Sustentável (RAS) lançou em janeiro uma nova versão da Política de Certificação para Propriedades Agrícolas e Administradores de Grupo. O novo documento descreve o processo, escopo, condições e conseqüências da certificação, consolidando as regras aplicáveis a fazendas e grupos candidatos a certificação e já certificados. Entre as principais mudanças se destacam:

1. Unificação das Políticas de Certificação de Propriedades Agrícolas, abril de 2009 e Política de Certificação de Grupos, março de 2011, que deixam de vigorar.

2. Mudanças nas regras das auditorias de verificação, investigação e não programadas e suas conseqüências.

3. As auditorias anuais poderão ser realizadas com maior flexibilidade de tempo, entre 9 a 15 e 21 a 27 meses depois da emissão do certificado.

4. Para auditorias em grupo, a amostra a ser auditada poderá ser reduzida conforme o desempenho do ano anterior.

A nova política entra em vigor em 1º de abril de 2013 e se aplica em todas as auditorias de normas RAS em fazendas e grupos, inclusive já certificados.

Considerando a nova política da RAS, adicionalmente, o Imaflora divulga seu Nivelamento sobre Arrendamento aplicável a áreas sujeitas à certificação RAS.

Documentos também disponíveis em espanhol:





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe