terça-feira, 23 de outubro de 2018

Pimenta Baniwa e Cogumelos Yanomami serão comercializados com o selo Origens Brasil®.

O Origens Brasil® valoriza o extrativismo sustentável, garantindo a transparência nas relações comerciais entre empresas e populações extrativistas.

A empresa norte-americana Culinary Culture Connections anunciou, esta semana, que a Pimenta Baniwa e os Cogumelos Yanomami serão comercializados com o selo Origens Brasil®. O Origens Brasil® foi desenvolvido por meio de uma parceria entre o Imaflora (Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola) e o ISA (Instituto Socioambiental), sendo administrado pelo Imaflora.

O Origens Brasil é uma iniciativa que valoriza territórios de diversidade socioambiental. O selo estabelece um elo entre consumidores e populações tradicionais e indígenas, promovendo relações comerciais éticas e transparentes. O objetivo é valorizar e diferenciar a produção agroflorestal de base comunitária.

Os consumidores são beneficiados por informações sobre a origem dos seus alimentos, quem os produziu e como, e também por alguns dados históricos sobre os produtos e a comunidade de onde vieram. A compra de produtos com o selo Origens Brasil contribui para a manutenção dos ativos socioambientais dos seus territórios de origem.

Baseado no selo, que é um QR Code, o sistema consiste em uma plataforma colaborativa na qual o código pode ser escaneado com um smartphone para que o consumidor tenha acesso a informações sobre a origem dos produtos e a histórias sobre seus produtores e seus territórios.

A iniciativa conta com o apoio do Instituto ATÁ, fundado pelo Chefe Alex Atala, dos restaurantes D.O.M. e Dalva & Dito, e com o apoio financeiro do Fundo Amazônia, da Fundação Gordon e Betty Moore, do USAID e da Regnskogfondet/Fundação Rainforest da Noruega.