sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Nova publicação traz referencial para monitoramento de cadeias de fornecimento na Amazônia e no Cerrado


Foi lançado, esta semana, o Referencial para Monitoramento – Cadeias de Fornecimento Livres de Desmatamento/Conversão de Vegetação Natural nos Biomas Amazônia e Cerrado, publicação produzida pelo Imaflora (Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola), como parte da Colaboração para Florestas e Agricultura (CFA).

O material foi elaborado para que os atores das cadeias de soja e de carne, compromissados com desmatamento zero, revisem seus sistemas de monitoramento e de fornecimento.

Alguns passos essenciais para que as empresas estruturem seus sistemas de monitoramento da cadeia de fornecimento e gerenciar os riscos associados a elas são:

1. Organização, validação e atualização da cadastro de produtores e fazendas.

2. Rotina do processo de compra, incluindo modalidades contratuais e requisitos mínimos para monitoramento.

3. Procedimentos com um processo de tomada de decisões independente para bloqueio e desbloqueio de produtores e fazendas baseados em análises documentais, espaciais e complementares.

4. Cadastro de produtores e fazendas bloqueados devido a não conformidades.

5. Registro de produtores e fazendas desbloqueados no sistema, incluindo justificações técnicas e análises complementares.

Com o apoio dos Sistemas de Informação Geoespacial (SIG) e sensoriamento remoto, as fazendas podem ser sobrepostas com polígonos de desmatamento, que podem ser inseridos na rotina de processo de compra com o uso das informações do CAR (Cadastro Ambiental Rural), quando disponível, ou com o uso de mapas georreferenciados.

Para conhecer mais sobre o Referencial de Monitoramento, acesse: