quinta-feira, 30 de junho de 2011

6ª Assembléia Geral FSC - 30/06

O desafio da sustentabilidade na prática
Por Fabíola Zerbini, FSC Brasil, 30/06/11

E temos que concordar que esta não é uma tarefa fácil, pois há um longo caminho entre teoria e prática quando o tema é sustentabilidade. Não é fácil conciliar interesses sociais, ambientais e econômicos em decisões comuns, menos ainda balancear as conseqüências de tais decisões em cada um destes setores.

Mas é exatamente nesse equilíbrio que está a nossa esperança de uma sociedade melhor, mais justa e gostosa de viver. E isso é o que estamos vivendo aqui. Em nome da proteção de nossas florestas, estamos decidindo as diretrizes políticas dos rumos do sistema. Decidindo as regras que vão incidir nos mais de 140 mil hectares de áreas certificadas, ou nas mais de 20 mil empresas garantidas na modalidade cadeia de custódia – e isso não é pouca coisa.

E é por isso que o FSC é hoje tão importante: não só naquilo que se propõe construir, mas como o faz. Se pudéssemos ter um mecanismo de governança pública que garantisse negociação constante entre os interesses sociais, ambientais e econômicos, com regras e procedimentos claros, votando e definindo os rumos de nosso planeta, estaríamos vivendo muito melhor, certamente.

Que fique a lição para o mundo, e que os resultados sejam tão bons quanto os processos que os construíram estão sendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe