terça-feira, 11 de novembro de 2014

Auditorias não programadas da certificação RAS-Rainforest Alliance foram realizadas em Julho




Como determinado pelas regras da RAS (Rede de Agricultura Sustentável), anualmente são realizadas auditorias surpresas ou não programadas em uma amostra dos empreendimentos certificados por cada certificador. Neste ano elas ocorreram entre 21 e 26 de julho, durante o período de safra das culturas de café e laranja. Nesta época há um aumento na intensidade de trabalho nas fazendas, que resulta em maior número de trabalhadores, com frequente contratação de temporários e aumento do risco para o cumprimento dos requisitos sociais da norma de certificação da RAS. Neste contexto, em 2014 foram selecionadas duas fazendas de café e uma produtora de laranja, todas presentes no Cerrado de Minas Gerais.


O processo de auditoria foi realizado por dois auditores do Imaflora que se concentraram em avaliar apenas critérios sociais entre um e dois dias em cada fazenda. As dificuldades no cumprimento das normas de saúde e segurança do trabalho da NR-31 relativas à áreas de vivencia e uso de EPI, além de tópicos da CLT no que diz respeito a jornada de trabalho e contratação de migrantes, podem ser destacadas como os maiores desafios das empresas no período de safra. As fazendas auditadas demonstraram consistência dos seus sistemas de gestão e operação e não tiveram mudança no desempenho, assim como as não conformidades que já existiam se mantiveram. Adicionalmente, felizmente não foram encontrados critérios críticos e nem abertas novas não conformidade aos empreendimentos visitados. Desta forma, as três fazendas mantiveram a certificação e seu ciclo de melhorias contínuas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe