quarta-feira, 22 de julho de 2015

“Florestas de valor” nasce do histórico das ações no Pará




Em 2014, o IMAFLORA ampliou sua atuação nas regiões da Calha Norte, Terra do Meio e em São Félix do Xingu, no Pará. Iniciou novos projetos, integrou as equipes e contratou profissionais que moram no Estado. A essa nova fase dos projetos foi acrescida uma nova identidade, “Florestas de Valor“, que inclui o desenvolvimento de ações nas áreas com diferentes estágios de conservação ou ameaça de desmatamento.

Os objetivos continuam sendo os que sempre pautaram as ações do IMAFLORA: a valorização da floresta em pé e das áreas protegidas, reconhecendo as populações tradicionais e as atividades econômicas como os maiores e mais importantes aliados dessa missão.

As estratégias de intervenção incluem o desenvolvimento de novos mercados para os produtos do extrativismo, a manutenção de relações comerciais éticas com as comunidades locais, além do fortalecimento de suas instâncias de representação (como as associações, cooperativas e representação nos conselhos das Unidades de Conservação), e a formação de novas lideranças. A agroecologia e a diversificação de culturas junto aos assentamentos rurais e comunidades quilombolas são as técnicas agrícolas que vem sendo empregadas na região.

Para conferir essa e outras matérias do nosso relatório anual 2014, acesse:  http://www.imaflora.org/downloads/biblioteca/559d27c30b2a3_relatrio_2015_aprovado.pdf




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe