quinta-feira, 23 de julho de 2015

Observatório Cidadão de Piracicaba ganha prêmio e reafirma compromisso com transparência e cidadania



Em seu segundo ano de atuação, o Observatório Cidadão de Piracicaba lançou o módulo “De Olho nas Metas”, criado com a intenção de monitorar os compromissos assumidos pelo Prefeito durante a campanha eleitoral e oferecer à população um novo mecanismo de transparência e controle social.

O “De olho nas Metas” acompanhará 26 ações do executivo nas áreas de meio ambiente, saneamento, mobilidade urbana, transparência e participação. O novo módulo reafirma os objetivos do Projeto, que é o de fornecer instrumentos que ajudem a população a entender e intervir nos processos decisórios das várias esferas do município.

O trabalho rendeu ao Observatório Cidadão de Piracicaba o Prêmio Mário Covas, na categoria Governo Aberto, promovido pela Secretaria de Gestão Pública, que reconhece iniciativas que contribuam para a melhoria dos serviços públicos.

Para conferir essa e outras matérias do nosso relatório anual 2014, acesse: http://www.imaflora.org/downloads/biblioteca/559d27c30b2a3_relatrio_2015_aprovado.pdf



2 comentários:

  1. Que importante para IMFLORA a monitorar suas ações próximo de casa. É bom para gente de Piracicaba a conhecem sobre transparências do Observatório Cidadão. Estou curioso sobre o assunto de mobilidade urbana; me pergunto se esse inclue o processo de transporte público. Este apareca como uma oportunidade boa para pessoas a funcionar com suas governo para mostrar suas necessidades.
    Parabens a IMAFLORA para tenha ganho um prêmio para sua bom trabalho de governança transparente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Benjamin, obrigado pela mensagem! Realmente a mobilidade é um dos principais desafios atuais das cidades brasileiras. Confira o Boletim que o Observatório fez sobre o tema, que inclui indicadores sobre o transporte público!
      http://www.observatoriopiracicaba.org.br/share/acervo/Boletim_6_mobilidade-urbana_finalizado%20e%20corrigido29-10-14-12-02-52.pdf.

      Excluir

Compartilhe