quarta-feira, 15 de março de 2017

Madeira legal e políticas empresariais: desafios e perspectivas de auto-regulação das indústrias para a legalidade





Evento paralelo da Segunda Assembleia Geral da Tropical Forest Alliance 2020 – 20 de Março, das 15h às 17h, no Hotel Royal Tulip Brasilia, Sala N

Acesse o formulário e faça a sua inscrição

O Grupo de Trabalho Economia da Floresta Tropical, da Coalização Brasil Clima, Florestas e Agricultura, tem o prazer de anunciar a participação no evento paralelo da Segunda Assembleia Geral da Tropical Forest Alliance 2020.

Visão geral

O mercado comprador de madeira tropical tem o potencial de contribuir de forma fundamental na redução do desmatamento da Amazônia. Vários estudos apontam que a exploração ilegal de madeira com foco no mercado é uma etapa inicial de desmatamento da Amazônia. Além da abertura da floresta e as ocupações irregulares, os recursos obtidos com a venda da madeira ilegal são utilizados para financiar o corte raso para agricultura, pecuária ou especulação imobiliária. Em contraponto, o mercado de madeira tropical sustentável promove a valorização da floresta em pé, evitando sua conversão para outros usos da terra.

Neste sentido, o GT Economia da Floresta Tropical busca apresentar as ferramentas de rastreamento e certificação, que auxiliam o comprador de madeira tropical a verificar a origem da matéria-prima e suprir sua demanda por madeira sustentável, promovendo a legalidade no setor de madeira tropical.

O objetivo do evento é introduzir ferramentas de rastreamento e certificação que ajudem os compradores de madeira tropical a verificar se a origem de sua matéria-prima é de fontes legais e / ou sustentáveis ​​e promover a legalidade no setor de madeira tropical.

Agenda

Introdução sobre o Grupo de Trabalho da Coalização Brasil Clima, Florestas e Agricultura -  Jeanicolau Simone de Lacerda,  Precious Wood.

Moderadora: Aline Tristão, FSC Brasil

- Certificação na floresta tropical para criar valor contra o desmatamento - John Holtenz, FSC Internacional.
- Monitoramento dos fluxos madeireiros na Amazônia - Leonardo Sobral, Imaflora.
- Big Data, due diligence e a Bolsa de Madeira Responsável - Mauricio Moura Costa, BVRio.
- Madeira legal e políticas corporativas: história, desafios e perspectivas da auto-regulação da indústria para a legalidade - Marco Lentini, WWF.
- O impacto da extração da madeira ilegal nos mercados nacional e internacional - Jeanicolau Simone de Lacerda - Precious Wood.










































Sobre o IMAFLORA

O Imaflora – Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola - é uma Organização Não Governamental, sem fins lucrativos, que trabalha para promover a conservação e o uso sustentável dos recursos naturais e para gerar benefícios sociais nos setores florestal e agropecuário. Com atuação nacional e participação em fóruns internacionais, foi fundado em 1995 e tem sede em Piracicaba, interior de São Paulo. Saiba mais em www.imaflora.org

Informações para a imprensa

Fátima Nunes – MTb 13.100
11.3815.8162/ 11.98274.5553
fatima@imaflora.org



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe